Flytour Logo

Bagagem de mão: quais são as regras?

bagagem de mão

A bagagem de mão muitas vezes não recebe a atenção que deveria na hora das pessoas se planejarem para uma viagem. Muitas pessoas acabam esquecendo que existem regras relacionadas ao que levar na mala nos voos e que isso pode acabar resultando em taxas extras ou, até mesmo, em multas.

 

Você quer saber tudo sobre as regras de bagagem de mão? Então, continue a leitura. Vamos te ajudar a realizar uma viagem tranquila, seja a passeio, seja a trabalho, sem precisar se preocupar com esses detalhes que podem fazer toda a diferença.

O que é uma bagagem de mão?

 

Trata-se da bagagem que você pode levar a bordo sem nenhum custo, sem necessitar despachá-la no momento do check-in. Além disso, ela deve ser guardada no compartimento superior ou embaixo do assento à sua frente, conforme as orientações da companhia aérea no momento do embarque.

 

A mochila, por exemplo, é considerada um item pessoal, o que significa que nada te impede de viajar com ela na mão. Você também pode levar uma bolsa, uma pasta de trabalho ou ainda uma nécessaire.

 

Inclusive, todos os seus documentos e objetos de valor devem acompanhá-lo e nunca devem ser despachados no check-in. Afinal, infelizmente, ainda é comum o extravio de bagagens nos aeroportos e, até mesmo, roubos.

Quais são as regras da bagagem de mão?

 

Para os voos nacionais, a partir de 2019 foi criada uma padronização entre algumas companhias aéreas, como a Azul, Gol e LATAM, para facilitar a compreensão das regras de embarque.

 

No caso das mochilas e bolsas que citamos anteriormente, elas podem ser carregadas como bagagem de mão, desde que respeitem as seguintes medidas: 35 x 20 x 45 cm (comprimento x largura x altura), no máximo.

 

Em relação às malas, geralmente, elas devem possuir até 35 x 25 x 55 cm, com as alças, os bolsos e as rodinhas inclusos. Porém, a Voepass coloca como limite as seguintes dimensões: 55 cm X 40 cm X 20 cm, o que significa que esses números podem variar.

 

Lembrando também que as companhias costumam permitir que o passageiro leve apenas uma bagagem de mão gratuita. Dependendo do destino e da empresa, não há a gratuidade desse serviço. Um exemplo é a LATAM, que cobra por bagagens de mãos para voos dentro de Argentina, Chile, Colômbia, Equador e Peru.

 

Agora, você sabe qual o limite de peso da bagagem no avião? Normalmente, o padrão adotado pela maioria das companhias aéreas brasileiras é de 10 kg, não importando se o voo é nacional ou não.

Excesso de bagagem: o que fazer?

 

É muito comum que as pessoas ultrapassem os limites de peso estabelecidos pelas companhias na hora de viajar. As medidas das malas e bolsas também podem ser maiores do que o imaginado e, em todos esses casos, temos o que as companhias chamam de excesso de bagagem.

 

Contudo, não se preocupe! Caso isso aconteça, você não vai precisar deixar seus objetos presos no avião ou perder o voo. É possível pagar taxas de bagagem de acordo com os excedentes. Então, para já ir prevenido, é importante saber quanto custa o excesso de bagagem.

 

Esse valor muda conforme a quantidade de peças a mais que estão sendo levadas e o quanto cada uma delas pesa. Também costuma variar dependendo do momento em que você paga pelas taxas adicionais e do destino do voo.

 

Por isso, é importante consultar o site da sua companhia aérea antes de viajar ou entrar em contato com ela para entender como é feito o cálculo de excesso de bagagem. Isso pode fazer uma grande diferença na hora de escolher o seu voo.

 

Ainda, vale lembrar que uma taxa de excesso de bagagem não anula a outra. Isso significa que se você levou uma mochila que ultrapassa o tamanho permitido e uma mala que excede o peso, você vai ter que pagar pelas duas taxas extras.

O que não pode levar na bagagem de mão?

 

Apesar de muitas regras se diferenciarem entre uma companhia aérea e outra, muito do que não pode levar na bagagem de mão é padrão, tanto em voos nacionais quanto internacionais. 

 

Itens que possam apresentar algum perigo à segurança dos passageiros são os principais objetos proibidos na bagagem de mão. Nisso, podemos incluir, até mesmo, lápis e canetas maiores que 15 cm e aparelhos de barbear e tesouras com lâminas maiores que 6 cm.

 

Ah, não podemos esquecer que armas de qualquer espécie, inclusive réplicas ou de brinquedo, são proibidas. Assim como objetos pontiagudos ou cortantes, estilingues, sprays de pimenta, substâncias explosivas, inflamáveis e/ou químicas. 

 

Além disso, ferramentas de trabalho que possam apresentar algum risco, como pés de cabra, furadeiras, chaves de fendas, martelos, marretas, entre outras, também não podem ser levadas na bagagem de mão.

 

Apesar de serem regras básicas, antes de realizar qualquer viagem, é recomendável consultar o site da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) ou ler com calma o contrato de transporte da sua companhia aérea para conferir com detalhes todas as regras de bagagem de mão. 

 

Assim, você evita dores de cabeça, multas e, até mesmo, a perda do voo. Essas informações também são muito importantes para você fazer um check-in rápido e sem complicações.

Viaje com a Flytour

 

Se você está buscando um guia durante todas as etapas da sua viagem corporativa, a Flytour está aqui. Trazemos soluções inovadoras para as empresas que abrangem saving, serviços de tecnologia para negócios, compliance com atendimento 24 horas e muito mais!

 

Somos especialistas em oferecer a melhor experiência possível para você e sua equipe. Tire suas dúvidas com nossos consultores. É só entrar em contato que teremos o maior prazer em esclarecê-las.

Confira também